Início Opinião João Carvalho Fecha a porta quando saíres…

Fecha a porta quando saíres…

COMPARTILHE
©João Carvalho
   Publicidade   
   Publicidade   
   Publicidade   

No rescaldo do ano que findou,
Perguntei-te se era para ti uma memória,
Respondeste que as memórias são a poeira do tempo.
Questionei-te se era lembrança,
Disseste que lembranças são os rostos que queremos rever devagar.
Interroguei então o que era eu para ti,
Declaraste sem hesitar que fui momento e que, nesse momento fui tudo.
Um tudo que virou nada, qual onda que se desfaz na areia da praia,
Primeiro bela e vigorosa, depois perdida,
Sem identidade ou distinção.
Virei costas e afastei-me,
Temendo que te apercebesses da lágrima que rolava,
Mas, muito a tempo de te ouvir dizer… fecha a porta quando saires…

Texto: AAdolfo
Foto: João Carvalho
   Publicidade   
   Publicidade   
   Publicidade   
   Publicidade